Documentos conjuntos de boa-fé: como começar a cumprir o requisito de evidências de casamento para o processo I-130 do USCIS

[Read this Post in English]

A Petição I-130 é um “Processo de Verificação de Relacionamento” que cria um alto nível de “requisitos de documentação” para processos baseados em casamento. Quanto mais jovem for o relacionamento/casamento, geralmente menos evidências existem. Esta postagem do blog irá discutir como iniciar os preparativos antes de preencher um formulário I-130 (ou se um I-130 já estiver pendente, como aumentar as evidências).

Para começar uma vida juntos, o USCIS dividiu muitos aspectos de um relacionamento em categorias. Para todos os relacionamentos, fotos e comunicação são absolutamente necessários e são ótimos pontos de partida para reforçar suas evidências de boa fé. As categorias a seguir irão adicionar mais estrutura aos seus preparativos.

Primeira categoria de evidência: fotos de relacionamento

Abaixo está uma revisão mais completa de quantas fotos você deve fornecer:

Prova de casamento de boa-fé: quantas fotos o USCIS deseja ver em um processo I-130?

Segunda categoria de evidência: mesclando finanças

Os cônjuges devem ter acesso ao dinheiro/finanças um do outro. Uma conta bancária conjunta é OBRIGATÓRIA se o imigrante tiver um Social Security Number. Quando alguém não tem um Social Security Number, os bancos geralmente não podem adicionar um imigrante a uma conta, pois o Social Security Number é necessário para conformidade com o FDIC ou como política bancária.

Se você puder ter uma conta conjunta, o USCIS exigirá 12 meses de extratos, ou pelo menos o máximo possível. Ou seja, se você está casado há 2 anos e tem uma conta conjunta há 3 anos, o USCIS iria querer 3 anos de extratos bancários. Quanto mais melhor.

Terceira categoria de evidência: declarações fiscais conjuntas

Nenhum cidadão americano gosta de “brincar” com o IRS. Como tal, a declaração de imposto de renda (Formulário IRS Tax Return 1040) e a transcrição da declaração de imposto de renda (IRS Tax Return Transcript) são grandes evidências para provar um casamento. Embora geralmente seja necessário um Social Security Number, os imigrantes (e até mesmo os cidadãos dos EUA) podem consultar sobre um ITIN (número individual de identificação de contribuinte) para facilitar a declaração “conjunta” de imposto de renda.

Quarta categoria de evidência: casa matrimonial

Esta categoria é provavelmente a mais aplicável a casais. A lista a seguir pode mostrar quantas coisas podem realmente ser usadas para ajudar a provar o lar conjugal:

Obrigatório:

  1. Contrato de locação de imóveis com os nomes dos cônjuges cidadão e imigrante ou uma carta do proprietário ou da administração da propriedade declarando a coabitação de ambos os cônjuges.
  2. Escritura de imóveis nomeando ambos os cônjuges.

É altamente recomendável fornecer pelo menos 3 dos seguintes itens que contenham AMBOS OS NOMES DOS CÔNJUGES:

  1. Fatura de conta de luz / água / esgoto
  2. Fatura de plano de internet
  3. Fatura de plano de celular 
  4. Extratos bancários (um item que pode aparecer acima na categoria de finanças e aqui na categoria conjugal)
  5. Fatura do seguro de saúde
  6. Fatura do seguro de automóvel 
  7. Fatura do seguro residencial
  8. Histórico de pedidos da Amazon que mostra o MESMO ENDEREÇO ​​e alterna entre os dois cônjuges
  9. Correspondências e pacotes que apresentam o MESMO ENDEREÇO ​​e alternam entre ambos os cônjuges

Quinta categoria de evidência: comunicação constante

Se seu relacionamento começou há 5 anos, o USCIS espera evidências abrangendo os 5 anos. Embora seja um processo baseado no casamento, o USCIS deseja ver o relacionamento completo e comunicação é 100% obrigatória para qualquer casamento. Idealmente, o USCIS deseja ver provas de comunicação das seguintes fases do relacionamento:

  1. Fase de amizade e namoro
  2. Fase de noivado
  3. Fase de casamento

Os tipos de prova de comunicação podem ser:

  • Registros telefônicos de chamadas e mensagens de texto
  • Facebook Messenger
  • Conversas no Whatsapp (capturas de tela ou screenshots)
  • Conversas no Wechat 
  • Snapchat
  • Instagram
  • Carta de amor com datas ou cartas trocadas durante o Bootcamp
  • Emails
  • Capturas de tela de vídeo chamadas

Sexta categoria de evidência: militar

Nas forças armadas dos EUA, um cônjuge deve ser adicionado ao Sistema DEERS, o qual forneceria o seguinte:

  1. Tricare e uma identificação de dependente militar
  2. SGLI, uma apólice de seguro de vida de $ 400.000
  3. Relatórios militares, como RED Report, Basic Individual Record, Record of Emergency Data (DD Form 93), or Enlisted Record Brief

Todos são ótimos registros matrimoniais a serem fornecidos ao USCIS. Mais orientações podem ser encontradas aqui:

DEERS Office and the need for Apostille / Legalized Foreign Documents

Sétima categoria de evidência: mídias sociais

As publicações nas redes sociais são evidências ideais para indivíduos mais jovens e são também bastante comuns. O USCIS gosta dessa forma de evidência porque as postagens nas redes sociais (1) possuem data e hora e (2) podem vincular as pessoas presentes na postagem ou foto. Além disso, apresentar você e seu cônjuge ao público como “em um relacionamento” ou como “um cônjuge” ajuda a mostrar a um oficial que uma pessoa é importante na vida de alguém.

Não, as mídias sociais não precisam ser fornecidas por ambos os cônjuges. Ou seja, pelo menos 1 cônjuge pode fornecer esse tipo de evidência. No entanto, ambos os cônjuges compartilham suas vidas nas redes sociais e todas as postagens e fotos devem ser fornecidas ao USCIS. Quanto mais evidências, melhor. Capturas de tela das postagens são suficientes.

Oitava categoria de evidência (mas não realmente uma evidência): Introduza seu relacionamento e detalhe um cronograma para o USCIS

Um resumo, uma introdução e um cronograma sobre o seu relacionamento podem ajudar a “condensar” sua história juntos. “Uma carta para seu oficial do USCIS” é uma boa cortesia. A postagem a seguir ajudará a explicar melhor. No entanto, um resumo é INSUFICIENTE por si só. Deve haver evidências para provar um relacionamento, e uma carta não é considerada evidência.

Uma carta para o oficial que conduzirá a entrevista do seu processo I-485 baseado em casamento

Postagens relacionadas:

I-130 eletrônico: uma nova opção de processamento eletrônico

Certidão de Nascimento brasileira para fins de imigração nos EUA

 

 

Isenção de responsabilidade: este blog é disponibilizado pelo advogado ou editor desse escritório de advocacia apenas para fins educacionais, bem como para fornecer informações gerais e uma compreensão geral da lei, e não para fornecer aconselhamento jurídico específico. Ao usar este site, você entende que não há relacionamento advogado-cliente entre você e o editor do Site / Blog. O Blog não deve ser usado como um substituto para aconselhamento jurídico competente de um advogado profissional licenciado em seu estado.