Prova de casamento de boa-fé: quantas fotos o USCIS deseja ver em um processo I-130?

[Read this Post in English]

Prova de casamento de boa fé significa:

documentação ou prova de que um casamento é verdadeiro, amoroso e real, e não apenas para fins de obtenção de um Green Card.

Para fins da petição baseada em casamento (I-130), nosso escritório tem a seguinte fórmula/critério para determinar a quantidade ideal de fotos:

Se você tem menos de 30 anos:

  • 100 fotos para cada ano em que estão juntos
  • Fotos do período de namoro, período de noivado e período de casamento
  • Não mais do que 20 fotos por evento, como casamento, férias, encontro, formaturas, etc.
  • As fotos podem ser capturas de tela de videochamadas (screenshots)
  • Não muitas selfies

Evidências adicionais também devem ser fornecidas para complementar as fotos conjuntas, tais como:

  • posts de mídias sociais
  • registros de comunicação
  • cartas de amor
  • cartões de feriados
  • histórico de pedidos do Amazon
  • financiamentos conjuntos
  • contas conjuntas
  • impostos conjuntos
  • extratos bancários conjuntos (especialmente da conta que recebe depósitos diretos de salário)

Se você tiver mais de 30 anos:

  • 20 fotos para cada ano em que estão juntos
  • Fotos do período de namoro, período de noivado e período de casamento
  • Não mais do que 10 fotos por evento, como casamento, férias, encontro, formaturas, etc.

Devido à idade, o USCIS tende a se concentrar mais nas seguintes evidências “complementares” de boa fé:

  • registros de comunicação
  • escritura de imóveis
  • contrato de aluguel de imóveis 
  • título de veículos
  • contas conjuntas
  • impostos conjuntos
  • extratos bancários conjuntos (especialmente da conta que recebe depósitos diretos de salário)
  • 401(k) designando o cônjuge como beneficiário
  • seguro de carro com ambos os cônjuges nomeados nele
  • apólice de seguro de vida nomeando o cônjuge como beneficiário
  • testamentos, designações de pagamento ​​em caso de morte (payable on death ou POD), designações de transferência em caso de morte (transfer on death ou TOD)
  • nomear cônjuge como um contato de emergência em registros, como com seu médico

A idade afeta (1) as expectativas de quais documentos têm maior probabilidade de estar disponíveis e (2) os ativos e propriedades que normalmente têm um cônjuge nomeado como beneficiário. Devido a isso, os oficiais do USCIS podem aceitar mais evidências de boa fé de cônjuges mais velhos, em comparação com cônjuges mais jovens.

Se deseja obter uma consulta para o seu processo de imigração, por favor, contate nosso escritório.

 

 

Postagens relacionadas:

Certidão de Nascimento brasileira para fins de imigração nos EUA

I-130 eletrônico: uma nova opção de processamento eletrônico

Visto K-1 para Noivos e Noivas Brasileiros

Mudança de nome e Green Card: o que você precisa saber

Como verifico o tempo de processamento do USCIS

 

Isenção de responsabilidade: este blog é disponibilizado pelo advogado ou editor desse escritório de advocacia apenas para fins educacionais, bem como para fornecer informações gerais e uma compreensão geral da lei, e não para fornecer aconselhamento jurídico específico. Ao usar este site, você entende que não há relacionamento advogado-cliente entre você e o editor do Site / Blog. O Blog não deve ser usado como um substituto para aconselhamento jurídico competente de um advogado profissional licenciado em seu estado.